Renato Perim Colistete

Economia, História e História Econômica

O pior da ISI

Posted by Renato em 09/07/2012

A imagem das “carroças” no mercado automobilístico brasileiro antes dos anos 1990 já está de tal forma arraigada que muitos saúdam a suposta modernização da indústria atual, como já comentamos antes em Carroças e ISI.  Por isso, vale a pena dar mais um exemplo (além de proteção comercial e de renúncia fiscal) de política pública para o setor automobilístico hoje, como o programa de financiamentos subsidiados do Proengenharia do BNDES. Os recursos destinam-se a financiar a engenharia de vários setores “visando estimular o aprimoramento das competências e do conhecimento técnico no país”. Um dos mais recentes contemplados é a Volkswagen, R$ 342 milhões para o “desenvolvimento de um veículo subcompacto, de um sedã médio e à modernização (face lift) de outros modelos produzidos pela montadora no País”. Recursos públicos transferidos para uma empresa, segundo a The Economist, com notáveis resultados em meio à grande recessão e em vias de conquistar o mundo (ver também aqui). A Volkswagen não está só. Outras companhias do setor, como a Renault/Nissan, também aproveitam o empenho em garantir recursos públicos escassos para o “aprimoramento das competências e do conhecimento técnico no país”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s