Renato Perim Colistete

Economia, História e História Econômica

Archive for junho \26\UTC 2012

Muito ricos x crescimento

Posted by Renato em 26/06/2012

Desde o ano passado o crescimento econômico no Brasil tem sido baixo e declinante. Em 2011 o PIB cresceu 2,7% e a indústria apenas 1,6%, sendo que no primeiro trimestre de 2012 o desempenho foi ainda pior. Se comparada ao primeiro trimestre de 2011, a indústria cresceu apenas 0,07% em jan-março de 2012. Na verdade, esse desempenho foi garantido pela indústria extrativa mineral, com seus 2,2% no trimestre. A produção da indústria de transformação caiu 2,6% no primeiro trimestre de 2012 em relação ao de 2011. Mais importante ainda, o desempenho do Brasil tem sido bastante inferior ao de outras economias emergentes (incluindo México).

Apesar desses resultados pouco promissores, a alta elite econômica no Brasil continua indo muito bem e obrigado, mesmo quando comparada às elites de outros países, emergentes ou não. Os dados recentes do World Wealth Report 2012 da RBC Wealth Management e da Capgemini Consultancy mostram que o crescimento do número de indivíduos muito ricos no Brasil (aqueles com mais de 1 milhão de dólares disponíveis para investimento, ou high net worth individuals na definição do Relatório) foi o maior do mundo em 2011, com uma taxa de 6,2%.

Os muito ricos da China tiveram crescimento de 5,2%, enquanto os da Índia, outro BRIC, sofreram uma queda de 18% em seu número em 2011. Estados Unidos e Reino Unido também tiveram quedas (-1,2% e -2,9%, respectivamente), com os muitos ricos alemães crescendo 3%, apesar da crise europeia. Os gráficos abaixo resumem a história:

Posted in Desigualdade | Leave a Comment »

2.000 anos de história econômica

Posted by Renato em 21/06/2012

Uma bela representação gráfica das potências econômicas desde o século 1 DC, com dados de Angus Maddison (reproduzida na The Atlantic). A Revolução Industrial muda o destino das nações e desloca o centro da economia mundial, com um novo desequilíbrio ocorrendo nos últimos anos:

Posted in História Econômica | Leave a Comment »

Educação primária na TV

Posted by Renato em 09/06/2012

Uma pesquisa que Irineu Carvalho Filho e eu realizamos sobre educação primária em São Paulo foi matéria do Jornal da Globo nesta sexta-feira (8/6/2012). Veja o vídeo aqui ou a edição completa do JG com a chamada de apresentação aqui.

O paper, ainda inédito, pode ser obtido aqui. Ainda estamos trabalhando no texto, mas em breve começaremos a rodada de submissões às revistas. O resumo:

“Education Performance: Was It All Determined 100 Years Ago? Evidence From São Paulo, Brazil”

This paper deals with institutional persistence in long-term economic development. We investigate the historical record of education in one of the fastest growing and most unequal societies in the twentieth century – the state of São Paulo, Brazil. Based on historical data from an agricultural census and education statistics, we assess the role played by factors such as land concentration, immigration and type of economic activity in determining supply and demand of education during the early twentieth century, and to what degree these factors help explain current educational performance and income levels. We find a positive and enduring effect of the presence of foreign-born immigrants on the supply of public instruction, as well as a negative effect of land concentration. Immigrant farm-laborers established their own community schools, and pressured for public funding for those schools or for public schools. The effects of early adoption of public instruction can be detected more than one hundred years later in the form of better test scores and higher income per capita. These results are suggestive of an additional mechanism generating inequality across regions: the places that received immigration from countries with an established public education system benefited from an earlier adoption of the revolutionary idea of public education.

Posted in Desigualdade, Educação, História Econômica | Leave a Comment »

Visões sobre austeridade

Posted by Renato em 03/06/2012

No Newsnight da BBC 2 (31/5/2012), um bom e didático debate sobre se as políticas de austeridade adotadas hoje na Europa funcionam realmente. De um lado, Paul Krugman; de outro, Andrea Leasom (Deputada do Partido Conservador) e Jon Moulton (um “venture capitalist”). Tal como ocorreu a partir dos anos 1980 com as propostas de “reforma estrutural” nos países em desenvolvimento, a defesa atual da austeridade na Europa é acompanhada por recomendações que vão muito além da questão fiscal propriamente dita.

Jon Moulton: “the issue about austerity here is that we have too large a state”; “if you want growth, you need a larger private sector”; “these jobs will be created when people move from the public sector to the private sector”.

Andrea Leasom: recovery will come when we “make it easier to young people start their own business”;  what is needed is “a low tax regime”; “to reduce corporate taxes, to deregulate to make easier to start business companies”.

Paul Krugman:  “Austerity in these conditions doesn’t even work in fiscal terms”; “Actually none of this is about fiscal responsability, is about exploiting the current situation to pursue an ideological goal of a smaller state”.

 

 

Posted in História Econômica | Leave a Comment »